Ouça o Radiodocumentário

Encontro com futuros jornalistas

Na semana passada, o Prof. David Trigueiro (Jornalismo/UFMS) me convidou para palestrar sobre a história do rádio para a turma do 2º ano. Opa! Responsabilidade à vista! Topei o desafio e mergulhei novamente nas pesquisas sobre nosso padre cientista.

Flashback: não é todo dia que voltamos no tempo e no espaço. Voltei à época da pesquisa (cerca de 1 ano atrás) e quando vi, estava novamente no ambiente da faculdade que freqüentei assiduamente por 4 meteóricos anos da minha vida.

31/10/08. Aula de História da Imprensa. Mas antes de abrir a pesquisa para a turma, assisti a uma apresentação sobre a Revista Manchete, com direito à exibição de um exemplar da histórica edição da morte de Getúlio Vargas.

Após montar o equipamento, lá estávamos Landell, a turma e eu. Falar em público deixara de ser problema para mim ali, naquele mesmo local, anos atrás. Concentrei-me nos olhares atentos e nos gestos inquietos daquelas mentes brilhantes.

Mãos à obra! Marconi, Fessenden, Landell, Popov, Maxwell e Hertz, personagens de uma história de versões tão diferentes e tão complementares. Quem? O que? Quando? Onde? Como? Por quê?

- Pode ser coisa de brasileiro dizer que brasileiro inventa tudo... Quem inventou o rádio foi mesmo o padre Landell?

O documentário responde. É hora de apresentá-lo. Dona Alda, Hamilton, Luiz Netto e Ivan se fazem presentes.
- Pessoal, é um documentário radiofônico.
Imagens mentais. Será que vão dormir? Sexta-feira, última aula, alguns poucos se entregam ao cansaço. Ótimo! Muita gente aqui está interessada.

“Entardecer no Pontal”, de Vaccari e Borghetti, encerra a peça radiofônica. Aplausos, agradecimentos, ponderações e questionamentos. Tudo é compensador e flui naturalmente.

- Não entendi direito a história da caixinha com a qual ele conversava durante a missa...

- O padre Landell inventou tudo?!

- Como o padre Landell participou da 1ª transmissão de rádio, no Rio de Janeiro (1922)?

- Os rádios utilizados durante a Guerra empregavam a tecnologia desenvolvida pelo Padre Landell?

- ...

Que bacana! Valeu a experiência! Quem sabe se volto em breve?!

Padre Landell e Rafael Cogo agradecem a oportunidade. Futuros jornalistas aprendem na prática o que significa “ouvir o outro lado da história”.

Inventores brasileiros injustiçados - público infantil

Está aí uma prova de que a indústria cultural também acerta de vez em quando!



Neste vídeo, a apresentadora Xuxa apresenta ao público infantil um breve (aliás, brevíssimo) panorama dos inventores brasileiros que não receberam reconhecimento por seus trabalhos. Padre Landell é um dos citados. Programa exibido em 05/11/2007. ©TV Globo.

A abordagem é superficial, mas acredito que a iniciativa deva ser valorizada, pois é na infância que se adquire boa parte dos conhecimentos levados para o resto da vida.